domingo, 19 de setembro de 2010

2 JORNADA

Atl.Vılar 1 - C.A.R.T. 1
Por motıvo de ferıas este jogo nao tera fotos e comentarios.
Se assistıu ao jogo deıxe a sua opinıao.

23 comentários:

Commando disse...

Para fotos e videos deste jogo visitem http://atletico-vilar.blogspot.com e deixem la a vossa opinião.

CART disse...

Para começar queria felicitar os jogadores de ambas as equipas pela conduta de fair-play que imperou neste jogo apesar de o arbitro do encontro querer transformar a partida num ringue de luta livre.

A primeira parte resume-se praticamente as varias oportunidades escandalosamente perdidas pelo nosso sector atacante (uma por Emanuel e duas pelo Filipe) que sozinhos na cara do guarda-redes não conseguiram fazer o que era fácil.
A falhar golos desta maneira não vamos lá.

A segunda parte começou mais equilibrada, no entanto sempre com sinal mais da nossa equipa.

Na primeira vez que o Vilar foi a baliza do CART, através de um canto inaugurou o marcador. E como diz o ditado, quem não marca sofre.

O jogo do CART começou a ser mais directo e o perigo começou novamente a rondar a baliza do Vilar, numa dessas jogadas Pedro empatou o jogo, de cabeça, apôs uma pequena confusão já no interior da área.

Depois do golo do empate o jogo ficou repartido com varias ocasiões de golo para os dois lados, tendo pitucha e helder desperdiçado 3 ou quatro situações de golo certo.

Já no final da partida existiu um penalti escandaloso a nosso favor, em que o arbitro(so era falta quando alguém desmaia se) fez vista grossa.

O resultado foi bastante penalizador para o CART, que perante tantas oportunidades de golo, saiu do campo do Malta com um ponto, onde devíamos ter goleado.

FORÇA ATLETICO

Helder Guimarães disse...

Resultado injusto, foram tantas as oportunidades de golo, onde na primeira parte podíamos ter resolvido desde logo a partida!! Campo difícil, muito pequeno e com altos e baixos, no meio de nada, onde o jogo teria de ser jogado com pontapés logos e nas costas dos defesas!! Na segunda parte o CART não entrou tão bem e sofre um golo de canto com algumas culpas no nosso Gr João Paulo, acontece!!! Mas conseguimos o empate e podíamos ter vencido mas continuamos com o mesmo problema de sempre, muitas oportunidades de golo e nada... Acho que desde o tempo do Jardel nunca mais tivemos um Goleador, claro que tínhamos o Toze mas não era ponta de lança. Falta um homem de área e isso reflecte-se no campo... Nota final para um penalti ESCANDALOSO onde SÓ o SR do apito não viu... INCRÍVEL MESMO!! Perdemos 2 pontos mas a luta continua... FORÇA CART

JJ disse...

Neste jogo podemos afirmar claramente que acabamos por 2 pontos perante um adversário mediano (para não dizer medíocre equipa do Vilar). Nos Primeiros 30 minutos falhamos 4 a 5 ocasiões flagrantes de golo. Nessas ocasiões o melhor que conseguimos foi enviar uma bola ao poste por Filipe.

E lá vem a velha máxima de quem não marca sofre e o Vilar no segundo canto que dispõe a seu favor marcar após uma defesa incompleta do João Paulo num cabeceamento a queima roupa do jogador adversário, a bola fica a "pingar" a beira da linha de golo e o jogador do Vilar só tem de empurrar para dentro da Baliza. Incrível a falha de marcação que nos custa um golo. Acho que o João Paulo pouco mais poderia fazer neste lance.

A partir desse momento o Atlético carregou e atingiu o empate através de uma jogada de insistência com Pedro "Sapateiro" a marcar de cabeça e apontar o 2 golo no campeonato. É curioso o facto de os melhores marcadores do CART neste campeonato serem os nossos defesas laterais o que diz muito acerca da eficácia (ou falta dela) dos nosso avançados.

A equipa joga bem e constrói muitas oportunidades de golo, a pecha está na hora de finalizar, o que neste jogo, nos custou 2 pontos num jogo onde poderíamos e devíamos ter vencido folgadamente.

Melhorando a finalização e as marcações na defesa especialmente nos lances de bola parada penso que esta equipa tem pernas para andar e andar lá por cima na tabela classificativa.

Força CART!!!

Fernando disse...

Boa tarde:

Como já foi dito antes por todos os comentadores perdemos 2 pontos num jogo onde podíamos e devíamos ter ganho 3. Tal realmente deve-se em 1º lugar à pouca capacidade finalizadora que temos demonstrada e em 2º lugar a mais uma falha de marcação, neste caso em particular num lance de bola parada. Como também foi referido anteriormente, a equipa até tem conseguido criar boas situações para finalizar com lances construídos pelas laterais, mas única e exclusivamente pelo lado esquerdo, onde o Vítor e o Emanuel têm estado muito bem, quer a defender quer a atacar, agora o lado direito tem estado manco, e tudo porque quem tem lá jogado, o Antunes, não é um jogador com características para jogar nas laterais, e como tal tem sempre tendência para fugir para o meio do terreno, sua área preferida de acção. Tal situação obriga a um maior desgaste do Pedro e consequentemente a uma menor tendência ofensiva do mesmo, apesar de ele nunca virar a cara a subir no terreno e até a finalizar, já leva 2 golos, jogadas ofensivas. Mas lá está ambas as jogadas feitas pelos dois colegas do lado esquerdo. Mas essas movimentações tem consequências. Agora pergunto-me o porque de estar o Antunes, médio centro por natureza, a jogar na lateral quando está no banco um jogador rotinado e que faz naturalmente o lugar de médio ala direito. Será que há lugares cativos no onze? Será que há jogadores que têm obragatóriamente de jogar, apesar de estarem notoriamente sem condições físicas para isso? Tal situação reflecte-se nas mais variadas situações de jogo, como disso são exemplo as falhas tanto na concretização como na marcação. Mas vamos por partes, o CART neste momento entra em campo num claro 4-4-2 com os médias alas bem abertos nas laterais e dois jogadores no centro, sendo que um deles é mais fixo, tendo o outro maior liberdade ofensiva. Ora acontece que a nível defensivo, e apesar de como já o referi não ter condição física para isso, o Canetas, até tem estado bem, mas com isso perde-se a vertente ofensiva desse elemento, mas se ele se aventura um pouco mais em terrenos mais avançados já fica a faltar um homem a dar cobertura no meio campo, e se neste jogo tal não se notou devido às reduzidas dimensões do terreno, no jogo frente ao Torrão isso foi notório. Apesar de ser, a meu ver, o jogador mais evoluído tecnicamente do plantel, isso só não basta. A nível ofensivo, o CART joga manco, porque o Hélder é um elemento a menos. Está pesado, sem velocidade, resumindo, sem condições físicas para ser o avançado que se esperava que ele ainda fosse. Mas infelizmente é a mais pura verdade e só não a vê quem não quer. Mas a responsabilidade também é de quem faz as escolhas tanto para o grupo como para os jogos. Apesar de não ser novidade para mim continua a ser difícil de compreender como é que continuam a ser convocados jogadores que não estão em condições para treinar durante a semana, e mais grave ainda chegarem ao domingo e ser titulares. Não é de agora que isto acontece e todo o grupo sabem bem disso. Se um jogador não está em condições na hora da convocatória e há opções no grupo para ocupar o lugar desse jogador não é compreensível que quem está em condições deficitárias seja incluído nas convocatórias. Esta semana isso aconteceu a dois jogadores.

Até domingo

CART sempre

Fernando disse...

(continuação do comentário anterior)

Este fim de semana não teve consequências de maior porque o adversário não soube ler o jogo. A dado momento da 2º parte o Pedro, dirige-se ao banco e avisa que já está bastante cansado, que podia rebentar a qualquer momento. Ora nem o jogador foi substituído, nem havia no banco qualquer defesa direito, ou defesa que pudesse ser adaptado aquela posição. Tal acontece porque, para que um jogador que no treino de 6º Feria não estava em condições pudesse constar da convocatória, foram convocados 19 jogadores, sendo que quem ficou de fora da ficha de jogo foi precisamente o outro defesa direito do plantel. Como se costuma dizer as opções técnicas não devem ser discutidas, ou se gosta ou não, mas eu, por experiência própria sei o que estas situações e o que estas decisões da equipa técnica fazem a um jogador.

Tenho perfeita noção de que as minhas palavras vão causar revolta e algum mau estar em relação há minha pessoa, mas tal não me incomoda, porque sai do CART a bem e com a consciência que não fiz mais por este clube porque tal não me foi humanamente possível. Dei tudo o que tinha e o que não tinha pelas cores do Clube Atlético Rio Tinto. Mesmo nas alturas mais difíceis da minha vida estive presente para apoiar e ajudar este Clube que agora orgulhosamente intitulo de meu.

Apesar de tudo irei continuar a apoiar este grupo e este Clube em qualquer situação e em qualquer altura.

Até domingo

CART sempre

C.A.R.T. disse...

Saudações a todos bloguistas, este ano vou-me estrear...De facto tenho de concordar com os meus colegas e dizer que o Atlético podia ter aplicado uma goleada de escândalo ao seu opositor, assim como ao Torrão, mas acabou por não o fazer e somou 1 ponto, e tudo o que seja somar é bom. Relatiamente ao jogo em si, e sejamos sinceros, o Atlético se aos 20minutos tivesse a ganhar por 0-3 não espantaria ninguém, mas o que é certo é denoto uma ânsia enorme nos jogadores em fazer golo, e por vezes chegam a desesperar. Parece visto de fora, que os jogadores tem muita fome de bola, o que é bom...ou não, pois denota lacunas a nível de treino de finalização. Mas, reparemos que atlético pouco construiu (já sei que o campo é pequeno), as chances que teve foram bolas bombeadas em que em 1ª instância um avançado ganhava de cabeça e depois aparecia ou o outro avançado ou o emanuel nas costas da defesa competamente isolados, e parece-me a mim que usou e abusou deste tipo de jogo.Reparem que eu só falei no emanuel, porque do outro lado anda o luís, ou o antunes como lhe chamam agora, completamente a leste do jogo, não se percebe como este jogador não joga na sua posição juntamente com o canetas e o teixeira!! É que se libertava mais o nosso capitão, e ganhava-se muita mais qualidade no meio, pois também o teixeira, ficaria livre da 1ª fase de construção de jogo,ficando entregue aquilo que ele realmente faz bem, tarefas defendivas. Em relação aquilo que dizes Fernado, dos jogadores não treinarem, não sei do que, nem de quem falas, mas bem sabes, que até no futebol profissional acontece e é natural às vezes isso suceder, e não deve ser encardo como algo extremamente grave. O como tu dizes e bem as opções não se discutem, respeitam-se e penso que é isso que todos temos feito. Falta muito, começou agora, vamos todos apoiar e esperar que no próximo jogo as coisas já saiam melhor e sobretudo que a equipa tenha outra dinâmica, pois a qualidade sobra neste plantel. Parabéns também ao Victot pois ele está realmente muito bem,está numa forma incrivel e daí ter carregado muito do jogo ofensivo da equipa.CART SEMPRE!!!

Fernando disse...

Nunca ninguém me viu, enquanto fiz parte deste grupo a desrespeitar fosse que decisão fosse da equipa técnica, agora o que acontece é que no inicio de cada época é delineada uma equipa base que independentemente da forma, condição física ou clínica dos elementos que a compõem só é alterada em ultima instância, nem que para que não seja necessário retirar um jogador do 11 inicial que até não está a render ora porque não está nas melhores condições físicas ora por razões disciplinares se altere a disposição táctica da equipa sem que tal tenha sido preparado durante a semana. O que eu quero dizer ao criticar a forma como algumas convocatórias são feitas é que elas não são baseadas no rendimento dos jogadores nos treinos, mas sim na equipa que foi pré-concebida desde o inicio. Da mesma forma que falo de jogadores lesionadas falo também de jogadores que acabam por ir treinar meramente para marcar presença, porque independentemente de estarem num momento menos bom irão ser sempre parte do 11 inicial. E não falo isto por falar, falo por experiência pessoal.

C.A.R.T. disse...

Meu caro amigo Fernando, permite-me discordar da tua opinião. A tua opinião seria válida se estivesse-mos a meio, ou finais de época, não no inicio da mesma. Toda a gente sabe que há certos jogadores que necessitam de jogar para atingirem patamares elevados, é o caso do Hélder, isso vê-se em grandes clubes, repara no benfica, o jesus tá-se sempre a queixar que os jogadores ainda tão na pré-época com o campeonato a decorrer. Por isso temos de ter calma, a equipa tem 4pontos, está melhor que o ano passado, que por esta altura tinha 1. Vamos dar tempo ao tempo abraço e tudo de bom para ti

JJ disse...

A nível táctico e na construção da equipa para este jogo com o Vila,num terreno de dimensões muito reduzidas, penso que o nosso treinador esteve bem ao apostar num 4-1-3-2 e no modelo de jogo utilizado. Num campo como estes temos de jogar directo e aproveitar as segundas bolas ou então tentar aproveitar as costas da defesa adversário, coisa que o Atlético fez na perfeição nos primeiros 30 minutos onde criou inúmeras oportunidades de golo pecando apenas na finalização.

Agora tb me parece que em campos maiores como o nosso, com medidas aceitáveis para a pratica de futebol, este sistema táctico é algo arriscado principalmente contra equipas que povoam o meio campo e tem bom toque de bola. É notório que o Luís Antunes pouca rotina tem para desempenhar a posição de médio direito, procurando zonas interiores pois nota se claramente que é um jogador que gosta de jogar no meio e não nas faixas. Sendo assim exige muito do nosso lateral direito em termos ofensivos, qualidade ofensiva que o Pedro "sapateiro" possui, mas que nesta altura da época nota se a falta de disponibilidade física para cumprir os 90 minutos ao mais alto nível. Ou seja para a mim a grande questão é disponibilidade física dos nossos defesas laterais pois são eles que no momento ofensivo fazem a diferença e criam os desequilíbrios necessários para surgirem as oportunidades de golo. Se o Vítor já esta em grande forma logo no inicio de época já o Pedro está ainda em baixo nos índices físicos mas tacticamente e tecnicamente cumpre na perfeição o que lhe é pedido. Tem é de melhorar a forma física de forma a ter "pilhas" para os 90 minutos.

Agora temos é aprimorar e treinar a finalização durante a semana para depois na competição não lamentarmos os pontos perdidos como em Vilar e custa da ineficácia na hora de concretizar. Isto é uma vertente de jogo que a nossa equipe técnica pode e deve treinar até a exaustão durante a semana nomeadamente no treino por sectores que hoje em dia toda a gente utiliza. Temos agora duas semanas para trabalhar para quando regressarmos a competição possamos debelar as poucas lacunas que a equipa revela.

Força Cart!!!

sergio disse...

Boas cart´s.

Relativamente ao jogo de domingo penso que ficou claro a perda de dois pontos. Conquistar pontos fora é bom, mas não contra o At. de Vilar que demonstrou ser uma equipa medíocre e sem argumentos para expressar o que quer que seja ao longo deste campeonato. No entanto este tipo de contas só pode ser apresentadas no final da época, tanto para nós quer para a equipa adversária.

Quanto ao jogo em si, não foi muito bem jogado, muito devido as características do terreno, mas que teve sempre sinal mais da nossa equipa.

Na primeira parte foram construídas diversas oportunidades de golo, que só por mero azar não foram concretizadas.

No segundo tempo o jogo foi mais repartido, muito devido a alteração táctica que a equipa sofreu. Não compreendo como se procede a alteração táctica da equipa, sem se proceder a alteração de jogadores, por muito polivalentes que os nossos atletas sejam isso é incompreensível.

Não adianta jogar com três avançados se se coloca o Teixeira a central e o Canetas junto aos centrais (na posição de trinco), ou uma posição inventada pelo mr. Taveira. Assim se perdeu toda a organização ofensiva da equipa e o futebol directo foi a opção.

A quer jogar com três defesas o Teixeira nunca devia abandonar a posição de trinco, ou então deveria ser colocado outro jogador naquela posição com características defensivas, nunca o canetas.

Relativamente ao onze não tenho opinião formada para me prenunciar, mas relativamente ás substituições considero-as absurdas, não porque os jogadores que entraram estivessem mal, até pelo contrário, mas sim por que cada jogo é um jogo e neste era necessário compor a alteração táctica efectuada ao intervalo.

Afigurava-se se calhar mais a entrada do marquinho um jogador duro para o ataque, e por exemplo do Paulo Almeida para fazer a posição de trinco uma vez que o Teixeira tinha recuado para central. Desta forma dava-se mais liberdade ao ataque e libertava-se o canetas para acções ofensivas e ganhava-se dois jogadores de combate e fortes no jogo aéreo e no choque.

Com as substituições efectuadas nada se ganhou em termos tácticos, foi apenas troca por troca.

Temos um excelente leque de jogadores que podem lutar pelos lugares cimeiros deste campeonato, no entanto a meu ver precisamos de melhorar muito tacticamente. Apresentamos neste momento 4 pontos, não é mau, mas defrontamos equipas muito fracas. Precisamos de melhorar.

Uma palavra de incentivo para os avançados que jogaram bem e viram o guarda-redes adversário e o poste negar-lhes o golo.

Até domingo… Força CART

ADEPTO disse...

como é possivel vir para o blog um "ex atleta" fazer criticas a uma pessoa que foi seu treinador.
isto é demais.
só mesmo aqui.
escreve e depois lamenta-se.porque?está á espera que o olhem na rua com a mesma cara?
vem a dizer que deu tudo pelo clube?tudo?o que é que deu que os outros nao deram?aliás para mim até é um daqueles que nunca teve o perfil para representar o clube.andas-te lá quase por favor mas enfim.mete a mao na consciencia e vai ter com as pessoas certas e deslculpa-te na cara e nao aqui.
ainda vai correr muita tinta.
esperem para ver.
VIVA O CLUBE ATLETICO RIO TINTO

Fernando disse...

Se andei por favor ou não isso já não sei e sou muito sincero, não me incomoda. Nunca andei atrás de ninguém para jogar ou para fazer parte do plantel. O facto de ser ex-atleta não me impede de opinar sobre o que quer que seja. Em relação a dar tudo pelo clube posso garantir-te que quase ninguém do plantel fez os sacrifícios que eu fiz, pondo várias vezes a família de lado, porque tinha assumido um compromisso com o clube, e como não sou homem de faltar aos meus compromissos, tudo o fiz para os honrar. Só mais uma pequena coisinha, não me lamentei de nada do que disse nem o vou fazer, porque o que eu disse, muita gente o pensa, e se enquanto jogador não era correcto da minha parte criticar abertamente quem me dirigia, agora porque não o posso fazer??? Nota que eu não critico ,nem nunca o irei fazer, a pessoa em si. Somente os critérios como treinador. Pessoalmente nada tenho a apontar a quem quer que seja.

ADEPTO disse...

JÁ DEU ALGUMA COISA.
MAS AINDA ESTÁ PARA VIR MAIS.
VAMOS AGUARDAR.
JÁ ABRIU A LATA DA TINTA AGORA VAMOS ESPERAR PARA "MOLHAR" O PINCEL.

ADEPTO disse...

O papagaio calou-se.
Tambem nao diz nada de geito.
É melhor assim.Cala-te

Fernando disse...

Só para o ADEPTO:
Nada nem ninguém me manda calar. Tens muito azar se pensas que por vires para aqui mandar umas bocas eu vou deixar de dizer o que penso. Resposta minha a comentários teus não terás mais, até porque eu identifico-me e quem se sentir incomodado com as minhas palavras pode sempre vir ter comigo pedir explicações, como tu não o fazes, logo não mereces da minha parte qualquer tipo de importancia. Sempre que achar que devo comentar vou faze-lo, seja para apoiar seja para criticar.

Bom fim de semana

FERNANDO SILVA

ADEPTO disse...

Nao quero que deixes de escrever só nao acho bem tu como um ex atleta e com um irmao dentro do grupo nao devias entrar em pormenores sobre opçoes tecnicas e falar de situaçoes de atletas que nao estao em condiçoes...
como sabes dessas coisas?
és bruxo?
só pode vir de dentro.
e quem te disse?
o zandinga?
conheces-te o zandinga?
por isso é que digo.
nao critiques as pessoas que lá estao.fazem o que sabem bem ou mal.mas só fazem a pensar o bem e disso tenho a certeza.
espero que nao vá sobrar para mais alguem.
a dor quando começar a dar pode alastrar.
fiquem bem.
C.A.R.T.

Fernando disse...

E para acabar de vez:

1º Não metas o meu irmão ao barulho.
2º Não precisa de vir de dentro a informação. O que eu sei não vem de dentro.

ADEPTO disse...

1º?
PRIMEIRO O QUE?
TAS NERVOSO!
DOEU?
TEM LÁ CALMA.

O QUE AFIRMAS-TE FOI UMA SITUAÇÃO QUE SÓ PODE TER VINDO LÁ DE DENTRO.

NAO DISSE QUE FOI O TEU IRMÃO
APENAS DISSE QUE TENS LÁ O TEU IRMÃO E QUE DEVIAS PENSAR NO QUE DIZES PORQUE AFIRMAS-TE SITUAÇOES QUE NAO DEVEM SAIR LÁ DE DENTRO E ISSO É GRAVE.
ENTENDES-TE?
AGORA AMUA PRAI RAPAZ E RELAXA.

ADEPTO disse...

escrito por fernado:
Como se costuma dizer as opções técnicas não devem ser discutidas, ou se gosta ou não, mas eu, por experiência própria sei o que estas situações e o que estas decisões da equipa técnica fazem a um jogador.

agora digam-me se não é um caso vinde de dentro pra fora.

ou agora és bruxo?

ADEPTO disse...

acabou o circo.
voltamos á normalidade.
assim de mata um papagaio.

ADEPTO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ADEPTO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.